Convocação da CONGREGAÇÃO – Como recebo a pauta

♣ Esse Texto…

Decidi escrever esse textinho para mostrar como chega a pauta da Congregação no meu e-mail, em geral na quinta-feira que antecede a reunião (sempre realizada na penúltima segunda-feira do mês). Estando a gente em setembro de 2013, a última segunda-feira é dia 30 então a reunião será dia 23…  é de uma álgebra muito fácil essa parte: nenhum mistério a não ser o da memória.

A reunião acontece atualmente na Sala Aurora e tem durado das 14h às 20h, mais ou menos. Por ter essa maior extensão, o oposto da reunião da Extensão que é um pouco mais expressa, a Congregação tem uns comes e bebes bastante sedutores, dos quais desfruto, dos frutos aos cafés, e cookies e sucos. O diretor, no presente Gerson, senta-se na frente da sala, e a vice-diretora Maria Isabel a seu lado; a pauta é projetada via data-show, e a reunião tem o áudio gravado. A relatoria é feita pela Assistência Acadêmica, que produz uma ata a ser aprovada pela Congregação meses depois, e que é oficial. Circula também uma lista de presença a ser assinada, e que garante termos ideia de quórum e coisas assim.

Bom, a pauta vem num e-mail da Assistência Acadêmica, assinado por Cynthia ou Joana (no caso, agora a Cynthia está de licença maternidade), e no site da congregação podemos encontrar a versão completa da pauta… qual a diferença entre essas versões? Algum ponto oculto como a colocação de catracas ou a expulsão desse que me lê? Não por agora… apenas a documentação que servirá de base para o debate dos pontos.

Mas nem toda; parte desses documentos são mandados em separado, antes ou depois, e alguns só são apreciados no dia, no improviso da representatividade, e só podemos nos preparar pelo nome do tema… isso porque os nossos professores são também funcionários e são eles que ocupam algumas funções de gestão da universidade, de chefias, gestões, pareceres, comissões, etc (nós, alunos, também; como eu sou membro da Congregação, por exemplo…), ficando muitas vezes corrido pro cara terminar a coisa senão “em cima da hora”. É para aí que estamos caminhando a cada resenha…

O que eu faço? Eu espero até domingo ou segunda de manhã para ler, vou salvando tudo que recebo em uma pasta e depois leio tudo (às vezes, a maioria das vezes, não dá pra ler tudo e eu leio só o principal). Eu fico com vontade de imprimir na pró-aluno mas são muitas páginas e não rola… paciência. Só a pauta tem entre setenta e cem páginas, e se somar tudo que vem à parte, fica mais tenso. Imagina também eu mandar tudo isso pros alunos? Dez PDFs por mês chegando no e-mail? E manter um arquivo na internet, com os arquivos nomeados de modo que dê pra entender… impensável, porque, para falar a verdade, eu não entendo tudo que chega, por que chega, o que deve ser feito com isso, and so on (e, se me permitem a expressão, “nem os” professores entendem completamente, garanto!).

Vou tentar fazer a leitura junto com vocês, aqui, num sobrevôo superbrúxico nosso, tentando fornecer como ganho segundário subsídio àqueles que também estão se havendo com a polícia democrática que, a mim, em vezes tristes, vem com polegar e indicador lixadinhos e prontos para tentar puxar a orelha, por ter falado em nome de quaisquer molequetas já barbadas sem antes telefonar para as mamãezinhas… espero que isso possa ajudar a transmissão lógica da seautorização como exercício experimental.

[Anexo ao fim dessa postagem a tabela com os pontos de pauta.]

♣ Expediente

A coisa começa com vocativo aos membros; vejam como é um plural difícil, porque não se fala “as membras”. Protagonizei, em uma de minhas primeiras congregações, a inclusão de “Palavra aberta às senhoras e senhores membros” em algum lugar… votamos e tal, a coisa vigorou por um bom tempo, mas se perdeu ou não sei onde aparece… pelo menos o “senhores” ganhou contraponto entre os parênteses.

I. A reunião começa com o Diretor dando seus informes; quando me elegi em 2012, esbravejava às plenas discordas-vocais que iria derrubar essa lógica, que ia questionar a ordem das coisas como aconteciam ali, etc. Se antes não tive coragem, depois me surpreendi: destrógiro pela apercepção de que havia nessa ordem de certa relevância (o diretor precisa partilhar as coisas, e é isso que faz em suas palavras — se fosse doutrinamento, também, ia ser bom esse aparecer de entrada), levógiro na medida em que essa própria ordem por vezes aparecia mudada por imperiosidades na ordem do dia, pontos previstamente polêmicos, ou mesmo a iminência de um protesto grandioso (lembram-se dele? aquela segunda-feira…).

Algumas coisas vêm ancoradas em documentação, como o relatório da CRInts (nome novo para as CCNInts), que veio por email e tem setenta páginas. O olho só bate, de soslaio, e diz “que pena que não há alguém para ler isso” do lado de cá (dos alunos).

II. Depois desses informes, as comissões (lembrem-se do número 4: Pesquisa, Extensão, Graduação e Pós-Graduação; entender isso é mais importante do que eu pensava, pos os conselhos centrais, pró-reitores, são tudo nessa quatripartitura) podem falar pela voz de suas presidentes — quatro mulheres, atualmente são elas: Vera Paiva, Leila Tardivo, Ianni Sacarcelli e Marilene Proença. Daí ser mais importante do que parece aquela história das membras que eu falei.

No caso está previsto o conteúdo, já, de um informe da professora Ianni. É uma tabela em que vemos uma mudança dos prazos máximos para concluir a graduação: para menos em Psicólogo e Licenciatura (15 semestres agora) e Bacharelado (12 semestres); Isso deve ter passado pela comissão de graduação, penso eu, e além disso não consigo pensar em qualquer marca de irrazoabilidade nessa decisão; sem contar que é informe, quer dizer que a coisa já passou, no máximo tento me informar melhor. Mais à frente descubro que na verdade houve uma resolução geral (USP) que limita esse prazo de conclusão para 150% do numero ideal de semestres, e que só estamos seguindo essa recomendação.

III. E depois todo mundo pode falar, numa pegada mais de informe… se queremos propor uma coisa mais estruturada, que a congregação aprecie e encaminhe em nome da congregação, não é o caso aqui, porque isso deve ser pedido como ponto da pauta, para entrar na ordem do dia… o próximo passo.

♣ Ordem do dia

A “Ordem do dia” é aquilo pelo quê devemos passar, porque é nosso dever. Em geral há alguns itens aprovados em bloco, como os (in/)deferimentos de pedidos de revalidação de diploma (ptos. XII-XVI) por exemplo, elebração de convênios de intercâmbio, também… pontos os quais não têm um histórico de serem “encrenca”. Contudo, alguns pontos que se naturalizam como “de bloco” sempre podem, no momento oportuno, estarem sendo devolvidos ao debate das posições políticas.

Há o caso, por exemplo, dos pontos de concurso de professor, bem como a homologação dos resultados (relatório final) desses concursos. Desde o momento em que tomei contato com o concurso do PSC, para transmissão do conhecimento sobre a Sra. Melanie Klein (http://rdspsicousp.wordpress.com/2013/08/27/melanie-klein-e-atendimento-clinico-i-ii-e-iii-contratacao-de-professor-analise-do-processo-do-psc/), passei a não poder mais manter a indiferença “de bloco” que tende a perspassar esse tipo de processo em que nossa função de Congregação é um tanto “formal”. Vejo que na pauta de Setembro/2013, essa aqui, tem não só (item V) a continuidade da análise da qual participei, que consta no link acima, mas também 4 outros itens (VI – IX) contemplando diferentes momentos sobre a entrada de professores.

Como me posicionarei? Não basta dizer que pelos mesmos princípios que os que pautaram a discussão sobre a vaga de Klein, mas também seguindo o que aprendi com esse concurso. Por exemplo, de lutar por um relatório final mais completo, que dê mais respaldo a decisões da Congregação, e não apenas formal, que não registre ocorridos e torne a autoridade da banca uma imobilização do IPUSP. Clareza nos pontos, também, e tudo aquilo que os excede, extrapola, e não aparece.

Sem mais documentos para ajudarem nessa decisão, e meio cansado, termino aqui minha leitura.

Porque também, chega esse momento que é o do ponto-de-basta, que é o de que “Discurso é ato e acontecimento” (ouvi isso esses dias e considerei de valor). Não é um saber técnico que tenho, e pouquíssimo entendo das cabeças que a Rainha de Copas — não Rodas, mas su’Alma — mira com seus imperativos. Entendo um pouco de farejar o naipe das cartas marcadas, e um pouco de insistir em alguma verdade que tenho, da certeza-de-mim-mesmo enquanto tão impessoal quanto determinados algarismos romanos.

Fica aqui o trabalho fracassado como prova de qualquer coisa acerca do que é essa função, de Representante, Discente, de membro da Instância Máxima, ou de Escritor.

 Thiago “Betão” (10)

– ♠ ♣ ♥ ♦ – ♠ ♣ ♥ ♦ – ♠ ♣ ♥ ♦ –

São Paulo,  19  de setembro de 2013.
Senhores (as) Membros,
 
                Tenho a honra de, em nome do Senhor Diretor, Prof. Dr. Gerson Yukio Tomanari, convocar Vossa Senhoria para a 424ª Sessão Ordinária da Congregação, a realizar-se no dia 23 de setembro de 2013, segunda-feira, às 13h30min, na SALA AURORA, Bloco B, de acordo com a pauta abaixo.
 
               
INSTITUTO DE PSICOLOGIA DA USP
REUNIÃO DA CONGREGAÇÃO
23/09/2013— 424ª Sessão Ordinária
 
EXPEDIENTE
 
I
COMUNICAÇÕES DO SENHOR DIRETOR:
– Boas vindas à Yara Sayão, eleita como representante dos funcionários técnicos e administrativos na Congregação
– Eleições dos Representantes no CO (Portarias divulgadas por e-mail)
– Programa USP Internacional: Relatório de Progresso para as Comissões de Relações Internacionais (CRInts) (doc. anexado ao e-mail)
– Proposta da Congregação do IPUSP sobre eleição de Reitor e Vice-Reitor
 
II
INFORMES DAS COMISSÕES:
– Graduação: OF. CG 036/IP/19082013: Informe dos prazos que vigorarão para o Curso de Psicologia do IPUSP aos ingressantes a partir de 2014
– Pós-Graduação
– Pesquisa
– Cultura e Extensão
 
III
PALAVRA ABERTA AOS MEMBROS
 
 
 
ORDEM DO DIA
 
 
I
Proposta de alteração do Regimento Geral: documentos enviados pela Secretaria Geral: minuta de resolução e parecer.
 
II
Indicação de nomes para novos mandatos na CCAD e CAS-Psicologia e Educação.
 
III
Apreciação das três minutas de portarias de funcionamento da  Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira – CUASO.
* Estabelece normas relativas ao horário de funcionamento das Portarias e Portões de acesso à Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira – CUASO.
* Estabelece normas relativas ao comércio nas áreas comuns da Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira – CUASO.
* Estabelece normas relativas às medidas a serem adotadas quanto aos veículos estacionados em locais proibidos na Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira – CUASO.
 
IV
Apreciação e aprovação da indicação de membro representante discente na CEPA.
 
V
Proc. 2013.1.01304.47.4 – Apreciação das reformulações do Projeto de Pesquisa da candidata Marina Ferreira da Rosa Ribeiro, aprovada no Concurso de Provas e Títulos visando o provimento de um cargo de Professor Doutor no Departamento de Psicologia Clínica, no conjunto de disciplinas: Atendimento Clínico I, II e III: psicoterapias e/ou psicanálise e Psicanálise: Melanie Klein, conforme Edital IP  20/2012, publicado no DOE de 21/09/2012, seção I, pág. 170.
 
VI
Proc. 2012.1.1169.47.9 – Homologação do Relatório Final do Concurso de Provas e Títulos visando o provimento de um cargo de Professor Doutor no Departamento de Psicologia da Aprendizagem, do Desenvolvimento e da Personalidade, no conjunto de disciplinas de Testes Psicológicos, conforme Edital IP 09/2013, publicado no DOE de 28/02/2013, seção I, pág. 173.
Apreciação do Projeto de Pesquisa da candidata indicada pela Comissão
Julgadora – Helena Rinaldi Rosa. Há parecer favorável do Departamento.
 
VII
2013.1.977.47.5 – Apreciação e aprovação dos pontos para abertura do edital de Concurso visando o provimento de 1 cargo de Professor Doutor em Etologia, no Departamento de Psicologia Experimental, área de Comunicação Não-Verbal. Reposição de vaga decorrente da aposentadoria do Prof. Ailton Amélio da Silva.
 
VIII
2013.1.575.47.4 – Apreciação e aprovação dos pontos para abertura do edital de Concurso visando o provimento de 1 cargo de Professor Titular, no Departamento de Psicologia da Aprendizagem, do Desenvolvimento e da Personalidade, área de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano.
 
IX
2013.1.1329.47.7 – Solicitação da reativação do cargo de Professor Titular (claro nº 267058), no Departamento de Psicologia Experimental, cargo ocupado pelo Prof. Cesar Ades, falecido em março/2012.
 
X
Solicitação de alteração da nomenclatura: de Comissão de Cooperação Nacional e Internacional (CCNINT) para Comissão de Relações Internacionais (CRINT).
 
XI
Proc. 2013.1.3600.1.1 – Revalidação de diploma. Interessada: Carolina Nakano Daniel. Université Paris 13 – França. A Comissão de Graduação, em sessão de 09/09/2013, deferiu a solicitação para os graus de Bacharela em Psicologia e Psicóloga e indeferiu para a formação de Licenciatura em Psicologia.
 
XII
Proc. 2013.1.4253.1.3 – Revalidação de diploma. Interessada: Maria Manuela Beroes Pena. Universidad Central de Venezuela – Venezuela. A Comissão de Graduação, em sessão de 09/09/2013, indeferiu a solicitação para os graus de Bacharela em Psicologia, Psicóloga e Licenciada em Psicologia.
 
XIII
Proc. 2013.1.4315.1.9 – Revalidação de diploma. Interessada: Thaily Fiore Claro. Universidade Lusíada de Lisboa – Portugal. A Comissão de Graduação, em sessão de 09/09/2013, indeferiu a solicitação para os graus de Bacharela em Psicologia, Psicóloga e Licenciada em Psicologia.
 
XIV
Proc. 2013.1.4316.1.5 – Revalidação de diploma. Interessada: Marie Lousie Six. Université Paris 5 – França. A Comissão de Graduação, em sessão de 09/09/2013, deferiu a solicitação para os graus de Bacharela em Psicologia e Psicóloga e indeferiu para a formação de Licenciatura em Psicologia.
 
XV
Proc. 2011.1.8371.1.9 – Reconhecimento de diploma de mestre. Interessada: Glaucia Regina Ferreira da Silva. Université Paris 8 – França. A Comissão de Pós-Graduação, em sessão de 02/09/2013, foi desfavorável ao pedido.
 
XVI
Proc. 2012.1.13258.1.3 – Reconhecimento de diploma de doutor. Interessada: Ana Maria Carneiro da Costa e Silva. Universidade do Minho – Portugal. A Comissão de Pós-Graduação, em sessão de 02/09/2013, foi favorável ao pedido.
 
XVII
Adesão ao Programa Professor Sênior
Proc. 2013.1.512.47.2 – Prof. Ryad Simon – PSC.
 
XVIII
Convênios Acadêmicos:
Proc. 2013.1.883.47.0 – Assunto: Convênio Acadêmico entre USP e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A CCNINT aprovou a formalização do convênio em 02/09/2013.
Proc. 2013.1.1140.47.1 – Assunto: Convênio Acadêmico entre IPUSP e a Pontifícia Universidad Católica de Valparaiso – Chile. A CCNINT aprovou a formalização do convênio em 02/09/2013.
 
XIX
Relatório de atividades CERT
Proc. 2009.1.588.47.4  Interessada: Miriam Garcia Mijares – PSE. Relatório de atividades do RDIDP. Parecer favorável à Congregação.
Proc. 2004.1.544.47.2  Interessada: Eva Maria Migliavacca – PSC. Relatório de atividades do RDIDP.
 
 
Os arquivos  referentes aos itens I e II da ordem do dia seguem anexados a este e-mail.
 
Informo que todos os documentos constantes na pauta encontram-se na página do IP http://www.ip.usp.br/atac/index.php?option=com_content&view=article&id=1978&Itemid=219
Login: c********
Senha: c**********
 
Obs1: Para acesso é necessário clicar em login MENU PRINCIPAL (localizado no canto esquerdo da tela)
 
Obs2: Caso não consigam abrir o arquivo, as secretárias de Departamento receberam a senha e também possuem acesso a pauta (caso queiram o material impresso). Os documentos originais estão à disposição na Assistência Acadêmica do IPUSP.
Atenciosamente,
Joana Lima
Assistência Acadêmica
Instituto de Psicologia – USP
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s